Acidentes, a saúde em xeque

Linha de Saúde Pública – consulte para esclarecimentos ou dúvidas relacionadas com a prevenção de acidentes através do telefone. Veja Urgências-Agenda

Acidente. O imprevisto que acontece


Em Portugal, tal como em tantos outros países, os acidentes causam um grande número de deficiências e internamento hospitalares. Os traumatismos, sobretudo em crianças, lesões acidentais, causam a incapacidade e por vezes a morte. Antes que o drama lhe surja à porta, promova a segurança sobretudo apostando na prevenção.
Segundo o plano Nacional de Saúde, do Ministério Nacional de Saúde, eis o destaque de forma sumária os tipos de acidentes de forma a minimizar o flagelo que atinge muitas famílias e (ou) entes queridos.

Acidentes Com Crianças – Ensine as crianças a terem comportamentos seguros e esteja consciente/atento permanentemente de forma a evitar o acidente.

Acidentes nas Estradas

  • Crianças que morrem ou contraem deficiências, temporárias e (ou) definitivas, por não se utilizarem ou por má utilização dos sistemas de retenção – cintos de segurança, cadeiras.
  • Dentro das povoações, em virtude da sua disponibilização a actos repentinos e por vezes irresponsáveis, acidentes por atropelamento.

Acidentes por Afogamento

  • Morte por afogamento, silenciosa e rápida, mesmo em pouco água. Na presença de uma criança que brinca com água com baldes e alguidares.
  • Vede tanques de rega, de roupa, lagos de jardim, piscinas e poços

Acidentes por Quedas

  • Em segundos ela pode acontecer e a qualquer momento. Promova sempre que possível sistemas de protecção antiqueda em locais de brincadeira de criança.

Acidentes por Intoxicações

  • Detergentes, medicamentos e insecticidas – sempre fora do alçance da criança.
  • Para acondicionar produtos cáusticos ou qualquer outro líquido ou pó, faça-o em contentores ou vasilhame apropriados. Nunca utilize garrafas de água
  • Em caso de acidente ligue para o Centro de Informação Antivenenos – tel: 808 250 143

Acidentes por Queimaduras

  • Tenha particular atenção ao mudar de direcção quando transportar nas mãos cafeteiras, chávenas e panelas.
  • Na cozinha, nunca deixe a criança permanecer junto ao fogão, sobretudo quando este estiver aceso e(ou) a operar.
  • Especial atenção às temperaturas das águas do banho

Acidentes por Asfixia

  • Não deixe a criança brincar com sacos de plástico e (ou) cordas. Qualquer um pode provocar asfixia.

Acidentes Com Pessoas Idosas – A queda é responsável por aproximadamente 70% dos acidentes. Acontecem na grande maioria em domicilio (institucional ou particular) causando, a este grupo etário, internamento hospitalar e morte.


As origens das causas são a visão, equilíbrio, doenças de Parkinson, Tromboses ou Artrites e a fraqueza dos membros.
A correcção dos factores de risco, tais como, tapetes, mobílias instáveis, a ausência de luz ou a sua insuficiência, a inexistência de corrimão, trave ou barra de segurança quer em escadarias quer em WC’s, devem ser tomados em consideração para que se diminua o factor acidente.
Fundamental ainda a prevenção das queimaduras, das intoxicações, das feridas incisas e atropelamentos.

Acidentes de Viação - causas que potenciam a ocorrência de acidente.

  • Excesso de velocidade
  • Incumprimento do código de estradas por parte dos condutores
  • Condução sobre influência de drogas (álcool incluído). Podem afectar as capacidades do individuo, afectando a atenção, a concentração, os reflexos, as capacidades visuais, o raciocínio, a coordenação motora
  • Deficiência de acuidade visual indevidamente corrigidas
  • Viaturas sem condições de segurança
  • Má sinalização das estradas
  • Má engenharia na construção das estradas
  • Situações de Fadiga (de 2 em duas horas seguidas de condução deve fazer um período de descanso)


Medicamentos e seus efeitos na condução

  • Evite sempre a toma de medicamentos que não tenham sido prescritos para si. Os organismos têm reacções diferentes para com o mesmo medicamento.
  • Se for portador de uma doença crónica e se trabalhar por turnos, tenha especial atenção e cuidado quando conduzir.
  • Enquanto estiver a tomar medicamentos, não ingira bebidas alcoólicas, salvo com conhecimento e aprovação do seu médico.
  • Se sentir efeitos secundários associados ao medicamento, fale de imediato com o seu médico antes de assumir a responsabilidade do acto de condução de máquinas, no seu domicilio ou no trabalho.
  • Leia sempre o folheto informativo do medicamento. Se contiver indicações de aviso tais como, “… pode causar sonolência ou potenciar os efeitos do álcool… ou … pode afectar a vigilância mental e (ou) a coordenação motora…”, redobre cuidados.

Comments are closed.